Entre 18 e 21 de novembro de 2017 a Douro Generation e a Rede de Aldeias Vinhateiras do Douro estiveram em Salvador da Bahia, tendo em vista a cooperação para o desenvolvimento dos sítios Património Mundial do Alto Douro Vinhateiro e do Centro Histórico de Salvador.

O relacionamento com a Prefeitura de Salvador existe desde junho de 2017, quando o sr. Secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Cláudio Tinoco, aceitou participar no Encontro Internacional de Patrimónios Mundiais organizado, no âmbito do projeto “Douro em Movimento, Aldeias com Vida”. Ficou então patente a vontade de se estabelecer uma cooperação entre aquele importante município brasileiro e a região do Douro. Esta missão é a materialização desse desígnio.

A Douro Generation e a Prefeitura de Salvador prepararam, então, os pormenores desta missão, que se realizaria de 18 a 20 de novembro. Estava prevista a assinatura de um protocolo de cooperação, a realização de várias reuniões de trabalho, uma visita ao Centro Histórico de Salvador, sítio classificado pela UNESCO como Património Mundial, e várias iniciativas comerciais de apresentação de produtos do Douro. Infelizmente, quando já não havia possibilidade de alteração das viagens, recebemos a informação de que o sr. Secretário de Cultura e Turismo teria de acompanhar o sr. Prefeito, Antonio Carlos Peixoto de Magalhães Neto, numa viagem a Lisboa e Madrid, de 15 a 22 de novembro. Foi, por isso, alterada a assinatura do protocolo para o dia 16, em Lisboa, com uma reunião de trabalho. O restante programa da missão manteve-se, tendo a comitiva trabalhado e sido acompanhada pelo Diretor de Turismo, Dr. António Barreto Júnior.

Na missão em Salvador, a comitiva travou conhecimento com o Centro Histórico, Património Mundial, onde está patente a herança portuguesa, nas
igrejas, com destaque para a Sé Catedral (em obras) e a igreja de S. Francisco de Assis, as casas coloniais (em algumas estão abertos museus, noutras
restaurantes ou outro tipo de comércio), a pavimentação (calçada) ou o Largo do Pelourinho, com destaque para a sede da Fundação Jorge Amado.

Nas reuniões com a Prefeitura, com o Dr. António Barreto Júnior, Diretor de Turismo, e o Dr. Érico Pina Mendonça Júnior, Coordenador Geral do PRODETUR, Programa do Banco Iberoamericano para o Desenvolvimento, foram aprofundadas várias questões relacionadas com o Património, a cooperação para o desenvolvimento e, em específico, a cooperação económica. A gestão do Bem é do Governo Estadual, através do Instituto do Património e Cultura, tendo inclusive comprado alguns edifícios para restauro, em muitos casos levado a cabo pela Prefeitura, tendo em vista a instalação de equipamentos culturais. Neste âmbito, a Prefeitura tem desenvolvido um conjunto de iniciativas para motivar os habitantes da cidade (os soteropolitanos) a visitar e fruir o Centro Histórico, com música – Salvador é Cidade Criativa da Música -, declamação de poemas, boa gastronomia, entre outras atividades. Para além disso, foram implementadas medidas fiscais positivamente discriminatórias para investimentos privados no Centro Histórico.

Salvador partilha com o Douro o problema do turismo de “garrafa de água”, nomeadamente com os cruzeiros marítimos (fluviais no Douro), que dá visibilidade à região mas não têm impactos diretos significativos para a economia local. A procura pelo maior envolvimento da população no desenvolvimento e valorização do Centro Histórico, Património Mundial, é também um grande desafio.

A Douro Generation apresentou ainda ao Diretor de Turismo a Plataforma Douro Mágico 360, tendo sido em consequência organizado um almoço de trabalho na Casa de Comércio, com o Presidente da Câmara Portuguesa de Comércio em Salvador, Ricardo Galvão. Este foi um encontro  interessante, a partir do qual se fizeram contactos com importadores, numa demonstração clara da simbiose entre a valorização do Património e a promoção dos produtos e da economia local. Outras iniciativas de promoção dos produtos do Douro foram organizadas à margem desta missão, sendo os seus resultados reportados aqui.

Esta missão decorreu no âmbito do projeto “Douro em Movimento, Aldeias com Vida”, cofinanciado pelo Norte 2020.

ANTÓNIO MARTINHO Membro da Direção da Douro Generation
DOMINGOS CARVAS Membro da Direção da Wine Villages
MÓNICA COSTA Membro da Equipa Técnica da Douro Generation
ANA MORENO Membro da Equipa Técnica da Douro Generation
EDUARDO PINTO Jornalista do Jornal de Notícias